Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

Chão da Feira

Chão da Feira

Chão da Feira, canções de flores, armas e amor.Genuínos símbolos de um novo tempo, nas canções de Alina Sousa (voz, flautas de bisel) e Vanessa Borges (voz, guitarra) coexistem a tradição e a modernidade, o orgânico e o mecânico, o sagrado e o profano.

Chão da Feira fala de flores, de armas, do amor, de mulheres e de homens e espalha mensagens envoltas pelas construções melódicas das vozes acompanhadas ao vivo por João Novais (contrabaixo) e Nuno Morão (bateria).

A elaboração de temas inspirados na música tradicional e nas músicas do mundo foi constante e após uma década de trabalho apresentado em diversos palcos do país, surge o disco “Das Tripas Coração”, editado em Maio de 2015.

Dotadas de elegantes arranjos, as músicas ganham hoje outro corpo, sendo acompanhadas por violoncelo e clarinete. O resultado é um concerto no feminino – outrora povoado unicamente peias flautas de biseI, guitarra clássica e vozes harmonizadas – que transportará o público para um universo íntimo e visceral.

Das Tripas Coração

O disco “Das Tripas Coração” é um conjunto de seis temas – 5 canções e um instrumental – onde Chão da Feira procurou dar a conhecer as suas várias valências: desde a narrativa de ”Não há Nada a Fazer” à complexidade rítmica de ”Lágrimas de Cebola”, passando pela música de intervenção de ”Nas nossas mãos” e pintura musical de ”DeirdrehonTas”. Do ramalhete destaca – se ”Dona Maria” – Tema de apresentação do disco, de refrão orelhudo e significado ambivalente, como se percebe no teledisco.

Vídeos

Discografia

Galeria de Imagens

Links do Artista

Facebook Linkedin Twitter Google + Pinterest