Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

Fado enCante

Fado enCante

Mestre António Chainho e o projeto Monda reúnem num espetáculo de fusão e reinterpretação de dois géneros iconográficos portugueses elevados a Património Imaterial da Humanidade: o Fado e o Cante Alentejano.

Para lá de toda as geografias, estão os caminhos da alma, as histórias dos homens, por dentro da sua música. São essas histórias, do campo, da cidade, de trabalho e celebração que Mestre António Chainho e o projeto Monda reúnem num espetáculo de fusão e reinterpretação de dois géneros iconográficos portugueses elevados a Património Imaterial da Humanidade: o Fado e o Cante Alentejano.

A palavra fado vem do latim fatum, ou "destino". E talvez estivesse escrito no destino do Mestre António Chainho - nascido numa família tradicional alentejana de São Francisco da Serra, Santiago do Cacém - este encontro com o projeto Monda, que pratica uma abordagem contemporânea ao Cante Alentejano, misturando a composição tradicional com os novos sons da World Music

Muito novo, Mestre António Chainho, começou por juntar a música de tradição rural com o Fado de Lisboa e mais tarde fundiu estas duas correntes musicais com outras "músicas do Mundo". Ao longo da sua carreira, deu voz própria à guitarra e levou-a por outras paisagens musicais em encontros com Paco de Lucia, John Williams, José Carreras, KD Lang, Teresa Salgueiro (Madredeus), Marta Dias, Filipa Pais, Maria Bethania, Elba Ramalho, Nina Miranda (Smoke City) e muitos outros artistas de muitas outras geografias.

Jorge Roque, Pedro Zagalo e Herlander Medinas, desenharam o projeto Monda através de uma aproximação clara às novas tendências musicais sem barreiras ou fronteiras demarcadas e próximo das gerações mais novas. Têm por espaço comum o Alentejo, onde a natural vontade de cantar e tocar as origens é cada vez mais uma certeza. O seu primeiro trabalho discográfico, com produção e direção musical de Ruben Alves, conta com as participações especiais de Katia Guerreiro, Rui Veloso, Tiago Oliveira e do Grupo de Cantadores de Portel.

Em “Fado encante”, Mestre António Chainho - um dos "50 músicos mais influentes da World Music" segundo a revista internacional Songlines - e o projeto Monda, que reinventa e expressa a toda a riqueza das raízes do Cante Alentejano, muito mais que celebrarem dois Patrimónios Imateriais da Humanidade, exploram caminhos, encurtam distâncias e desenham um novo mapa na geografia da música portuguesa.

 

 

Links do Artista

Facebook Linkedin Twitter Google + Pinterest